Ajudas



Ajudas

Ajudas farmacológicas

Atualmente, existe uma vasta gama de produtos que substituem a nicotina e ajudam no abandono do hábito tabágico. No entanto, por se tatar de uma situação clínica, não deve utilizar nenhum destes auxílios sem falar com o seu médico, ele irá orientá-lo e prescrever-lhe, se for o caso, a melhor solução para si. 

 

 

Grupos de ajuda

Vários centros hospitalares e IPOs disponibilizam consultas de grupo para auxiliar na cessação tabágica. Estes grupos podem ser úteis para algumas pessoas. Permitem a partilha de experiências e, sobretudo, de dificuldades. Poderá encontrar aqui incentivo de pessoas que se encontram em situações semelhantes. 

É importante lembrar que as consultas de grupo não são adequadas para todos, depende da personalidade de cada indivíduo, bem como do seu ponto de motivação para abandonar o hábito tabágico.

Se este é um tema que lhe interessa deve pedir informações ao seu médico para ser orientado para este tipo de consultas.

 

Consultas de cessação tabágica

Existem consultas individuais para acompanhar pessoas com dificuldades em deixar de fumar. Estas consultas têm como objetivo dar um apoio mais apropriado a cada pessoa e acompanhar de forma mais contínua o processo. Nestas consultas é muito importante que seja honesto com o profissional, não pode camuflar as dificuldades que sente, nem deve esconder se existiu alguma recaída! O objetivo deste tipo de consulta não é fiscalizá-lo, mas sim apoiá-lo, por isso, não deve esconder nada para que possa ser ajudado de forma mais eficaz.

Será sempre o principal interveniente no processo de cessação tabágica, pelo que se não estiver motivado e convencido do caminho a seguir não poderá ser ajudado nesse sentido.

 

 

 

Este texto foi revisto e atualizado em outubro de 2014‏‏.
Em caso de dúvida o seu médico e a restante equipa de saúde são uma fonte privilegiada para obter informações mais pormenorizadas e adaptadas à sua situação.
A informação disponibilizada pelo ONCO+ pretende ser abrangente, percetível, independente, correta e atualizada e não substitui a informação dos serviços oficiais de saúde.
Para sugestões, dúvidas, ou esclarecimentos adicionais contacte-nos em www.oncomais.pt ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Ajude-nos a melhorar o seu ONCO+