O tabagismo e o Cancro



O tabagismo e o Cancro

Estima-se que um terço da população mundial é fumadora.

Tabagismo no mundo

O tabaco é a maior causa de morte evitável no mundo. Um cigarro tem mais de 4000 compostos químicos: 

tabaco

    • diminui a quantidade de oxigénio no sangue - o monóxido de carbono

Efeitos do monóxido de carbono no sangue

 

    • substância aditiva que causa dependência - a nicotina

 

    • substâncias cancerígenas - as nitrosaminas e o benzopireno

 

    • substância irritante -  a acroleína

O tabaco provoca consequências nefastas para o corpo humano e está fortemente associado ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, problemas respiratórios e patologias inflamatórias crónicas.

O tabaco e complicações

Estima-se que, cerca de 29% dos cancros são causados diretamente pelo hábito tabágico. Os cancros mais frequentemente associados ao tabaco são: Cancro do Pulmão, da Cavidade oral, da Faringe e Laringe, do Cólon, do Rim, da Mama e a Leucemia. 

Cancro e tabaco

 

Este texto foi revisto e atualizado em outubro de 2014‏‏.
Em caso de dúvida o seu médico e a restante equipa de saúde são uma fonte privilegiada para obter informações mais pormenorizadas e adaptadas à sua situação.
A informação disponibilizada pelo ONCO+ pretende ser abrangente, percetível, independente, correta e atualizada e não substitui a informação dos serviços oficiais de saúde.
Para sugestões, dúvidas, ou esclarecimentos adicionais contacte-nos em www.oncomais.pt ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Ajude-nos a melhorar o seu ONCO+