Fossas nasais e seios perinasais



Cancro das fossas nasais e seios perinasais

O nariz é composto pela pirâmide nasal e fossas nasais. A pirâmide nasal é a estrutura a que chamamos nariz, é a parte exterior e visível. As fossas nasais compreendem o espaço interior desde as narinas até às coanas (as narinas são os orifícios exteriores e as coanas são os orifícios interiores).

As fossas nasais são muito importantes e têm funções como:

Este tipo de cancros corresponde a cerca de 3% dos cancros da cabeça e pescoço, estima-se uma incidência de 0,5 casos por cada 100.000 pessoas, por ano. Os homens são mais afetados.

No momento do diagnóstico é importante fazer o estadiamento do cancro, isto é, determinar em que fase é que este se encontra. Isto é muito importante para orientar o tratamento.

T

Tumor primário

TX

Tumor primário não pode ser avaliado

T0

Sem evidência de tumor primário

Tis

Tumor primário localizado

 

Seios maxilares

T1

Tumor limitado ao seio maxilar, sem destruição óssea

T2

Tumor causa desgaste ou destruição óssea

T3

Tumor invade outras estruturas como osso ou tecidos

T4

a)      Tumor invade várias estruturas

b)      Tumor invade várias estruturas entre elas cérebro e nasofaringe 

 

Cavidade nasal e seios etmoidais

T1

Tumor apenas no seio etmoidal, sem desgaste ósseo

T2

Tumor estende-se para a cavidade nasal, com ou sem evasão óssea

T3

Tumor estende-se a outras estruturas

T4

a)      Envolve outras estruturas, como por exemplo, a pele do nariz ou o seio frontal

b)      Tumor invade várias estruturas, entre elas cérebro e nasofaringe 

N

Envolvimento de gânglios linfáticos

NX

Os gânglios linfáticos não podem ser avaliados

N0

Sem envolvimento dos gânglios linfáticos

N1

Metástases nos gânglios linfáticos com dimensão até 3 cm

N2

Metástases em mais do que um gânglio linfático

N3

Metástases em gânglios linfáticos com dimensão superior a 6 cm

M

Metástases

MX

A presença de metástases não pode ser avaliada

M0

Sem metástases distais

M1

Presença de metástases distais

ref. (50)

Este texto foi revisto e atualizado em outubro de 2014‏‏
Em caso de dúvida o seu médico e a restante equipa de saúde são uma fonte privilegiada para obter informações mais pormenorizadas e adaptadas à sua situação.
A informação disponibilizada pelo ONCO+ pretende ser abrangente, percetível, independente, correta e atualizada e não substitui a informação dos serviços oficiais de saúde.
Para sugestões, dúvidas, ou esclarecimentos adicionais contacte-nos em www.oncomais.pt ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Ajude-nos a melhorar o seu ONCO+