Glioblastomas



O sistema nervoso

O sistema nervoso é o mais complexo sistema do organismo. Ele é responsável, direta ou indiretamente, pela maioria das funções do corpo.

Transmite a informação proveniente do exterior, como tato, a posição do corpo, o paladar ou o som, e do interior, como a pressão arterial, a frequência cardíaca, quantidade de líquidos corporais, entre outros. É ainda o sistema nervoso que processa a informação e desencadeia uma resposta imediata.

Simultaneamente, tem ainda a seu cargo a coordenação de todas as funções corporais, que permitem manter o equilíbrio do organismo. É através do sistema nervoso que desenvolvemos atividades mentais, como o pensamento e a consciência, e todas as atividades motoras, como a contração dos músculos e o movimento.

Através desta breve descrição, é possível ter uma ideia da complexidade do sistema.

O sistema nervoso subdivide-se em sistema nervoso central, do qual fazem parte o cérebro e a medula espinhal, e sistema nervoso periférico, que está no exterior do sistema nervoso central e é constituído por recetores sensoriais e nervos.

 

O sistema nervoso é constituído por milhões e milhões de células. Estas incluem os neurónios, as principais células do sistema nervoso, e as células da neuróglia ou células gliais, que servem, essencialmente, de suporte e proteção aos neurónios e é nelas que vamos focar a nossa atenção.

ref. (61)

Este texto foi revisto e atualizado em outubro de 2014‏‏.
Em caso de dúvida o seu médico e a restante equipa de saúde são uma fonte privilegiada para obter informações mais pormenorizadas e adaptadas à sua situação.
A informação disponibilizada pelo ONCO+ pretende ser abrangente, percetível, independente, correta e atualizada e não substitui a informação dos serviços oficiais de saúde.
Para sugestões, dúvidas, ou esclarecimentos adicionais contacte-nos em www.oncomais.pt ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Ajude-nos a melhorar o seu ONCO+