O sangue



O sangue

O mieloma múltiplo é uma doença hematológica rara, desta forma torna-se importante começar por perceber a constituição do fluido que percorre o nosso corpo (o sangue).

O sangue é composto por elementos figurados (45%) e plasma (55%). O plasma corresponde à parte líquida do sangue, sendo constituído por água (91%), proteínas (7%) e outras substâncias (2%) como gases e nutrientes. 

Constituição do Sangue

Os elementos figurados incluem as células do sangue, entre elas:

  • Os glóbulos vermelhos (ou eritrócitos) – têm como principal função permitir o transporte de oxigénio a todas as células do corpo.
  • Os glóbulos brancos (ou leucócitos) – encontram-se relacionados com o sistema imunitário. Os glóbulos brancos incluem as seguintes células:
      • Neutrófilos
      • Linfócitos
      • Monócitos
      • Eosinófilos
      • Basófilos
  • As plaquetas – sendo uma das suas funções mais importantes a coagulação sanguínea.

As células sanguíneas

As células plasmáticas ou plasmócitos, que estão na origem do aparecimento do mieloma múltiplo, fazem parte da família dos linfócitos, mas não se encontram habitualmente no sangue periférico. Estas células encontram-se localizadas, predominantemente, na medula óssea e apresentam uma função importante no sistema imunitário. Os plasmócitos produzem anticorpos que, de forma direta ou indireta, são responsáveis pela destruição dos antigénios.

O anticorpo é uma proteína que se encontra no plasma e é responsável pela resposta do sistema imunitário, ligando-se ao antigénio.

O antigénio pode ser qualquer substância que induza um estado de sensibilidade ou resistência à infeção, desencadeando uma resposta por parte do sistema imunitário.

Antigénio e Anticorpo

ref. (A81)

Este texto foi revisto e atualizado em setembro de 2015‏‏.
Em caso de dúvida o seu médico e a restante equipa de saúde são uma fonte privilegiada para obter informações mais pormenorizadas e adaptadas à sua situação.
A informação disponibilizada pelo ONCO+ pretende ser abrangente, percetível, independente, correta e atualizada e não substitui a informação dos serviços oficiais de saúde.
Para sugestões, dúvidas, ou esclarecimentos adicionais contacte-nos em www.oncomais.pt ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Ajude-nos a melhorar o seu ONCO+