Fatores de Risco



Cancro do Ovário - Fatores de Risco

Um fator de risco significa apenas que determinado agente ou condição expõe mais a pessoa a determinada doença, comparativamente a outra pessoa que não possui aquele fator de risco. Não significa, portanto, que a pessoa terá cancro.

Não se sabe exatamente o que determina o aparecimento do cancro no ovário. No entanto, identificam-se alguns fatores como potenciadores da doença:

Antecedentes familiares

Sabe-se que o cancro do ovário é mais frequente em mulheres que apresentam história familiar (principalmente mãe, filha ou irmã) de cancro do ovário, mama, útero ou colón e reto.

Antecedentes pessoais

Mulheres com antecedentes de cancro também apresentam um risco acrescido de cancro do ovário.

Idade superior a 55 anos

A grande maioria dos casos aparece após os 55 anos.

 
 

Nunca ter gerado uma gravidez 

Estudos demonstram que mulheres que nunca engravidaram também têm maior risco de desenvolver cancro do ovário.

Terapia hormonal na menopausa

Muitas mulheres fazem terapia hormonal com estrogénio após a menopausa, o que também aumenta o risco de cancro de ovário.

Além destes fatores de risco mais direcionados para o cancro do ovário, é sempre bom lembrar que existem fatores de risco que aumentam a probabilidade de desenvolver qualquer tipo de cancro, como a obesidade e o tabagismo. 

ref. (48) (49) 

Este texto foi revisto e atualizado em outubro de 2014‏‏.
Em caso de dúvida o seu médico e a restante equipa de saúde são uma fonte privilegiada para obter informações mais pormenorizadas e adaptadas à sua situação.
A informação disponibilizada pelo ONCO+ pretende ser abrangente, percetível, independente, correta e atualizada e não substitui a informação dos serviços oficiais de saúde.
Para sugestões, dúvidas, ou esclarecimentos adicionais contacte-nos em www.oncomais.pt ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Ajude-nos a melhorar o seu ONCO+