Comunicação



Quantos portugueses têm cancro?

O cancro é, hoje em dia, uma doença comum e com custos elevados para o Serviço Nacional de Saúde. Estima-se que em Portugal, ao longo do presente ano, sejam diagnosticados cerca de 128 mil novos casos de cancro. Constitui ainda uma das principais causas de morte no nosso país: mais de 43 mil pessoas morreram de cancro em 2011.

Comparativamente há 30 anos atrás morrem na atualidade anualmente mais 19 mil pessoas por cancro. Verifica-se, contudo, que no mesmo período de tempo a taxa de mortalidade (número de mortes por 100 mil pessoas) caiu mais de 15%, pelo que o aumento no número absoluto de mortes é explicado, principalmente, pelo aumento na frequência da doença.

Cerca de 60% das pessoas diagnosticadas com cancro em Portugal sobrevive hoje mais de cinco anos após o diagnóstico. A taxa de sobrevivência para os cancros mais comuns aumentou 30% nas últimas duas décadas.

Quantos portugueses têm cancro?

Este texto foi revisto e atualizado em fevereiro de 2014‏‏.
Em caso de dúvida o seu médico e a restante equipa de saúde são uma fonte privilegiada para obter informações mais pormenorizadas e adaptadas à sua situação.
A informação disponibilizada pelo ONCO+ pretende ser abrangente, percetível, independente, correta e atualizada e não substitui a informação dos serviços oficiais de saúde.
Para sugestões, dúvidas, ou esclarecimentos adicionais contacte-nos em www.oncomais.pt ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Ajude-nos a melhorar o seu ONCO+

Última alteração em quarta, 08 abril 2015 15:12