Medidas de apoio ao emprego



Medidas de apoio ao emprego

No sentido de incentivar a reintegração do doente oncológico no mercado de trabalho, a lei prevê algumas medidas de apoio.

A entidade empregadora poderá beneficiar de uma redução da taxa contributiva se contratar um trabalhador com grau de incapacidade inferior a 80% e com este celebrar um contrato sem termo.

A entidade empregadora tem necessariamente de ter a sua situação contributiva regularizada.

Incentivos especiais

Está previsto um conjunto de três medidas que tem como objetivo promover a integração ativa no mercado de trabalho:

  • Apoios à qualificação – através de formação inicial e contínua
  • Apoio à integração e manutenção do posto de trabalho
  • Apoio ao emprego –  através de estágios de inserção, apoios à contratação, entre outros.

Este texto foi revisto e atualizado em outubro de 2014‏‏.
Em caso de dúvida o seu médico e a restante equipa de saúde são uma fonte privilegiada para obter informações mais pormenorizadas e adaptadas à sua situação.
A informação disponibilizada pelo ONCO+ pretende ser abrangente, percetível, independente, correta e atualizada e não substitui a informação dos serviços oficiais de saúde.
Para sugestões, dúvidas, ou esclarecimentos adicionais contacte-nos em www.oncomais.pt ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Ajude-nos a melhorar o seu ONCO+

Última alteração em quinta, 09 abril 2015 14:59